Home / Destaque / Tribunal da Lava Jato barra nova ofensiva de Lula contra Moro

Tribunal da Lava Jato barra nova ofensiva de Lula contra Moro

Os desembargadores da 8.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região negaram nesta quarta-feira, 28, por unanimidade, novo pedido de exceção de suspeição feito pela defesa do ex-presidente Lula contra o juiz Sérgio Moro, da Lava Jato. Além do pedido de suspeição, a defesa requeria a redistribuição para outro magistrado do processo que averigua a propriedade de imóveis em São Bernardo do Campo (SP), um apartamento ocupado pelo ex-presidente e um terreno que seria para uso do Instituto Lula. Segundo o advogado do ex-presidente, Moro teria se tornado suspeito ao participar como palestrante do 4.º Evento Anual Petrobrás em Compliance, na sede da estatal, no dia 8 de dezembro do ano passado.Na ocasião, segundo a defesa, o magistrado teria aconselhado a Petrobrás, que é assistente de acusação em processos da Operação Lava Jato, sobre medidas de prevenção e combate à corrupção e a respeito de matérias pendentes de julgamento, havendo ligação entre o tema abordado e os fatos apurados na ação penal. Segundo o relator, desembargador federal João Pedro Gebran Neto, eventuais manifestações do magistrado em textos jurídicos ou palestras de natureza acadêmica, informativa ou cerimonial a respeito de crimes de corrupção ‘não conduz à suspeição para julgar processos relacionados à Operação Lava Jato’. (Estadão)

Veja Também

Pela segunda vez, ACM Neto tem resultado negativo para coronavírus

Foto : Valter Pontes/Secom/PMS O prefeito de Salvador, ACM Neto, teve o diagnostico negativo para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *